Clara Arreguy

Sobre mim

Mineira de Belo Horizonte, Clara Arreguy radicou-se em Brasília em 2004. Jornalista e escritora, tem 27 livros publicados, entre romances, contos, crônicas, biografias e livros infantojuvenis. Atuou nos jornais Estado de Minas e Correio Braziliense e assinou crônica quinzenal na revista Veja Brasília. Mantém um blogue literário (www.outubroedicoes.com.br) e trabalha com redação, edição e revisão. Criou e dirige a Outubro Edições, por meio da qual publica livros próprios e de outros autores.

(61) 99115-8485 | (61) 3344-9462
clarreguy59@gmail.com

Meus livros

A Família Comedeira

De Clara Arreguy e José Henriques Maia
Ilustrações: André Cerino
Outubro Edições

Clara reconta uma história oral inventada por seu pai, José Henriques Maia, e contada por ele para filhos e netos. Trata-se da “triste história da família comedeira, dos nove filhos sem pai, sem mãe e sem cozinheira”. Uma brincadeira sobre os insólitos hábitos alimentares de cada um desses estranhos irmãos e as consequências deles.

Temas: morte, alimentação, desperdício, família
Público-alvo: crianças e adultos.

O quarto canal

Outubro Edições
Versão para o inglês: Carolina Barcellos

 Uma defesa da educação por intermédio da história de Fabi, uma professora apaixonada por seu ofício, mas que vive momento de conflito, quando alunos e a própria instituição onde leciona questionam seu direito de ministrar com independência seu curso. Além do fim de um relacionamento infeliz e da perseguição ideológica, das precárias condições de trabalho, da baixa remuneração e da desvalorização profissional, a protagonista enfrenta ainda uma constante dor de dente provocada por sucessivos problemas odontológicos. Temas: educação, intolerância, fascismo, projetos educacionais inclusivos e excludentes, odontologia. Público-alvo: adultos. Edição bilíngue em português e inglês.

O dicionário amoroso da Nini

Ilustrações: Paulo Fatal e Mário Arreguy
Outubro Edições

O linguajar que se usa em casa é o espaço primeiro de construção dos afetos. A partir do folclore familiar, a escritora homenageia a mãe por meio de verbetes em que conta casos e formas de expressão de um clã cheio de histórias pra lembrar, num belo objeto-livro ilustrado e colorido.
Temas: memória afetiva, expressões antigas, linguajar e costumes mineiros.
Público-alvo: jovens e adultos.

Futebola

Com Fernanda de Aragão
Outubro Edições

As duas cronistas (uma, jornalista, a outra, formada em educação física) integraram o projeto Crônicas da Copa em 2018, durante o Mundial de Futebol da Rússia, e em 2019, na Copa do Mundo feminina. O resultado é resenha esportiva da melhor qualidade, feita por duas mulheres que entendem do assunto e comentam, também, o que se passa fora das quatro linhas.
Temas: futebol, atualidades, política, cultura, diferenças culturais, feminismo.
Público-alvo: jovens e adultos.

A viagem de Juju

Ilustrações: Romont Willy
Editora Elementar

Em viagem de carro com sua mãe, a menina Juju, moradora da cidade, descobre com bom humor a paisagem rural, com suas plantações cheias de cores.
Temas: relações familiares, paisagem rural, tipos de plantação.
Público-alvo: crianças a partir de 3 anos (leitura compartilhada) e educação infantil.

Yawalapiti, filhos da natureza

Fotos: Paulo de Araújo
Outubro Edições

A partir de duas viagens do fotógrafo Paulo de Araújo à aldeia Yawalapiti, no Parque Nacional do Xingu, e de entrevistas da jornalista Clara Arreguy com lideranças indígenas, o livro relata a história daquela etnia, da extinção à refundação da aldeia, além de elementos de sua cultura, como as festas, os mitos, a alimentação e sua luta pela proteção da natureza.
Temas: meio ambiente, história e cultura dos indígenas do Xingu, combate aos agrotóxicos, defesa de idiomas ameaçados de extinção.
Público-alvo: crianças e adolescentes a partir de 10 anos, jovens e adultos.

O passeio do Lloyd

Ilustrações: Ana Terra Fensterseifer
Outubro Edições

O Rottweiller Lloyd nunca havia saído da chácara onde nasceu, até que um dia precisa ir à cidade para fazer um exame numa clínica veterinária. É quando ele conhece pela primeira vez a vida urbana, com seus sons e odores, as pessoas e uma paisagem ao mesmo tempo assustadora e encantadora. Essa cidade que ele conhece é Brasília!
Temas: amizade, companheirismo, estranhamento diante do novo, Brasília e suas paisagens.
Público-alvo: crianças a partir de 3 anos (leitura compartilhada) e das primeiras séries do ensino fundamental.

A partida da Sorte

Ilustrações: Raquel Fernandes Outubro Edições

No dia em que a égua Sempre-Viva acorda com um aperto no peito, ela fica sabendo que sua companheira Sorte vai embora, vendida para outro haras. Sempre-Viva e o garanhão Precioso se despedem da amiga, que parte para viver outras aventuras longe dali.
Temas: amizade, companheirismo, separação, perda, mudança de vida, tratamento racional e humanizado dos animais.
Público-alvo: crianças a partir de 6 anos.

O jegue de Jeri

Ilustrações: Valdério Costa
Editora Imeph (no prelo) 

Em viagem a Jericoacoara, no Ceará, os netos do Vovô Saul e os sobrinhos da Tia Miriam se deparam com a situação de abandono em que vivem os jegues da região. Com a ajuda do amigo e veterinário, o Dr. Livrinho, e a parceria das crianças da cidade, vão buscar uma solução para salvar os dóceis animais. 

Temas: amizade, companheirismo, bons tratos aos animais, fauna e flora do Nordeste, alimentação típica nordestina, relações familiares, primeiro amor. Público-alvo: crianças a partir de 11 anos.

Bola dentro, um furo de reportagem

Ilustrações: Mário Arreguy
Outubro Edições

Quando a professora propõe à turma fazer um jornalzinho, Lucinha e seus colegas descobrem uma ótima oportunidade de aprender tudo sobre jornalismo, a partir de uma reportagem no clube. Com a ajuda da mãe da menina, que trabalha no diário da cidade, os estudantes conhecerão gêneros de textos, técnicas e termos usados no jargão profissional.
Temas: jornalismo, gêneros jornalísticos, códigos de ética, futebol, política, meio ambiente, linguagem.
Público-alvo: crianças e adolescentes a partir de 10 anos.

Verde, vermelho, amarelo

Ilustrações: Nilo Campos Outubro Edições

A Vovó vai buscar o Gugu na escola e, no caminho de casa, ele aprende brincando as principais regras de trânsito, como as cores do semáforo, a obrigatoriedade da cadeirinha, o respeito à faixa de pedestre e os perigos de falar ou teclar no telefone ao volante.
Temas: educação para o trânsito, segurança, respeito aos pedestres, a bicicleta como alternativa de transporte.
Público-alvo: crianças a partir de 3 anos.

Estrelas de pés no chão

Outubro Edições

Numa dinâmica de roda, oito mulheres se encontram, mediadas por uma mestra, para celebrar o feminino por meio do canto e da dança em homenagem a suas ancestrais. Cada uma leva um objeto e conta a história de suas avós, mulheres fortes, fracas, submissas, matriarcas, poderosas, subjugadas, oprimidas, opressoras, sobreviventes…
Temas: feminismo, histórias e relações familiares, política, música, romance.
Público-alvo: jovens e adultos.

Três contos de Natal

Com Simão de Miranda e Glória Arreguy
Ilustrações: Nilo Campos, Frank Alves e Mário Arreguy
Outubro Edições

Clara Arreguy conta a história da amizade entre uma menina judia e um menino árabe durante a noite de Natal; Simão de Miranda mostra como o consumismo deturpa o sentido da festa maior da cristandade; e Glória Arreguy se inspira em Dickens para falar de perdão num contexto de conflito familiar.
Temas: espírito natalino, respeito às diferenças, consumismo, relações familiares, tradições, perdão.
Público-alvo: crianças a partir de 10 anos, jovens e adultos.

A Vovó fala tudo errado

Ilustrações: Walter Lara
Outubro Edições

Papai e filhinha conversam sobre a mudança de comportamento da Vovó, que cada vez mais se esquece e se confunde, chamando as coisas pelo nome errado… O que eles podem fazer para ajudá-la? Embora seja uma situação difícil, com carinho e delicadeza é possível enfrentar o problema.
Temas: velhice, demência senil, Alzheimer, tolerância e aceitação das diferenças.
Público-alvo: crianças a partir de 4 anos.

Versão em alemão publicada pela Editora Girabrasil.

1974

Outubro Edições

Diário de uma menina de 14 anos durante o ano de 1974. Kakala é uma jovem bem informada, que acompanha o noticiário sobre tudo o que acontece no país e no mundo, mas se sente diferente das colegas da escola por não se adaptar à moda e não se enquadrar nos padrões. Durante um ano, ela acompanha as questões da escola, da família, os namoros, a cultura e a política.
Temas: conflitos da adolescência, vida escolar, eclosão da sexualidade, política, história, anos 70, ditadura, escândalo de Watergate, conflitos no Oriente Médio, crise do petróleo.
Público-alvo: jovens a partir de 14 anos e adultos.
Disponível também em e-book.

Oit Labina

Ilustrações: Adriana Mendonça
Outubro Edições

Aníbal, um menino esperto e inteligente, sofre uma queda violenta e, após uns dias desacordado, perde algumas das habilidades. Com o tempo, torna-se um velhinho engraçado e meio maluquinho, que ensina aos sobrinhos truques divertidos, como falar de trás para frente. Temas: a vida no interior, brincadeiras de criança, fé, solidariedade. Público-alvo: crianças alfabetizadas.

O planeta das flores amarelas

Outubro Edições

Seleção de 40 crônicas publicadas pela autora nos dois anos em que escreveu para a revista Veja Brasília. Entre a poesia e o humor, um olhar diferente para a cidade, a natureza, a cultura local e universal. Fatos corriqueiros ganham uma versão divertida pela lente da jornalista e escritora.
Temas: Brasília, Cerrado, meio ambiente, bicicleta, questões culturais.
Público-alvo: jovens e adultos.

Sonhos olímpicos

Franco Editora
Vinte e oito contos inspirados em personagens reais e fictícios de todas as edições dos Jogos Olímpicos. Histórias de vencedores e perdedores, de atletas e de apaixonados pelos esportes, de heróis famosos ou anônimos de um século de competições.
Temas: esportes, geografia, política, história, século XX, guerras, costumes nacionais.
Público-alvo: jovens e adultos.

Dia de sol em tempo de chuva

Editora Chiado

O velho alfaiate português João relembra, entre sonhos e delírios, a juventude em sua terra natal e a vida de lutas desde que chegou ao Brasil; seu neto, também João, doente terminal, vai a Portugal à procura de respostas para a história do avô.
Temas: Brasil e Portugal, poesia, imigração, conflitos familiares, câncer, memórias.
Público-alvo: adultos.

Rádio Beatles

Outubro Edições

Às vésperas de completar 50 anos, um engenheiro beatlemaníaco, morador no interior de Minas, questiona a vida, o trabalho e o casamento. Até que um fato ocorre com um de seus três filhos e o faz repensar o papel da música em sua vida.
Temas: música, Beatles, tempo de mudança, crise de meia-idade, menopausa.
Público-alvo: jovens e adultos.
Disponível em e-book.

Tempo seco

Geração Editorial

Em Brasília, durante a campanha de reeleição do presidente Lula, uma mulher ouve histórias contadas por taxistas. Uma delas tem como protagonista um homem que vive relações de traição no amor e na política.
Temas: política, mensalão, Brasília, romance, traição.
Público-alvo: jovens e adultos.
Aprovado pelo FAC-DF 2008.

Fafich

Editora Conceito Comunicação
Memórias da autora referentes ao período em que militou no movimento estudantil, no fim dos anos 1970 e início dos 1980, final da ditadura, anistia etc. História afetiva da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais.
Temas: política, ditadura militar, movimento estudantil, anistia, comportamento, drogas.
Público-alvo: jovens e adultos.

Siga as setas amarelas – de bicicleta no caminho de Compostela

Outubro Edições

 A ex-bancária Miriam e seus amigos enfrentam o desafio de percorrer de bicicleta o famoso caminho de Santiago. Alternando medo e coragem, a protagonista confronta as mágoas do passado e reflete sobre suas escolhas pessoais e profissionais. Temas: viagens, a bicicleta como meio de transporte, religião, ética no trabalho, patrimônio cultural. Público-alvo: adultos. Disponível em e-book e em versão em espanhol.

Catraca inoperante

Outubro Edições

 Coletânea de 30 crônicas publicadas pela autora quando atuava como jornalista nos jornais Estado de Minas e Correio Braziliense. Com humor e poesia, visita temas cotidianos, principalmente relacionados à cultura e à mulher.

Temas: poesia, mulher, humor, cultura, linguagem.

Público-alvo: jovens e adultos.

Reedição com audiolivro encartado, contendo todas as crônicas lidas por artistas, radialistas e jornalistas.
Disponível em e-book.

Segunda divisão

Editora Lamparina

 Nas 24 horas que antecedem a decisão do campeonato de futebol da segunda divisão, a narrativa acompanha as angústias e esperanças dos principais personagens envolvidos: jogadores dos dois clubes fictícios, técnicos, juiz, repórteres.

Temas: futebol, jornalismo esportivo, fim de carreira, ascensão, decadência. Público-alvo: jovens e adultos.  Disponível em e-book.

Memória para esquecer

Outubro Edições

Quando se muda de cidade, a narradora, a partir da descrição das casas onde morou, volta à infância, revisita sua cidade, a Belo Horizonte dos anos sessenta, e faz um inventário de dores e delícias do passado familiar.
Temas: história de Belo Horizonte, conflitos familiares, mudanças de vida.
Público-alvo: adultos.
Disponível apenas em e-book, na loja da Amazon

Palestras e oficinas

Gravação de vídeos, lives, entrevistas virtuais: entrar em contato com o autor ou com o ICA.

Gêneros jornalísticos

Autora das coletâneas de crônicas Catraca inoperante, O planeta das flores amarelas e Futebola, a escritora discorre sobre o gênero híbrido entre a literatura e o jornalismo e também sobre as diferentes maneiras de tratar o texto para jornal, rádio, televisão e para a web.
Duração: 1 hora. Público-alvo: crianças a partir de 10 anos.

Para escrever bem

Com experiência em redações de jornal e como editora de livros, Clara Arreguy fala sobre como escrever bem em diversos gêneros, seja o jornalismo, seja a literatura, seja a expressão pessoal. Conta sua trajetória tendo a escrita como meio de vida e ensina a importância de ler e de escrever para o desenvolvimento pessoal e profissional.
Duração: 1 hora.
Público-alvo: jovens e adultos.

Encontros com a escritora

Clara Arreguy fala sobre os temas específicos de seus livros. Em Yawalapiti, filhos da natureza, a defesa dos indígenas e do meio ambiente. Em Verde, vermelho, amarelo, sobre educação para o trânsito para crianças pequenas; em Bola dentro, um furo de reportagem, sobre jornalismo; em Estrelas de pés no chão, sobre escrita feminina e memórias de mulheres; em 1974, sobre a juventude nos anos 1970, a cultura da época e os jovens na política; em A Vovó fala tudo errado, sobre a relação com idosos demenciados, com mal de Alzheimer e outras doenças degenerativas; em Oit Labina, brinca com as crianças sobre falar e escrever de trás pra frente, palíndromos e outros jogos de palavras; em Fafich, o movimento estudantil e os jovens na política; em Segunda divisão, Sonhos olímpicos e Futebola, o esporte na literatura e na produção cultural; em Tempo seco, a capital federal, a política e a conjuntura na literatura; em Rádio Beatles e Memória para esquecer, as mudanças de comportamento a certa altura da vida, menopausa e andropausa, choque de gerações.
Duração: de 1 a 2 horas.
Público-alvo: a depender do tema.

Gostou? Falta pouco para você sentir-se em Casa

casadeautores@gmail.com

FALE COM O ICA